Tipos de patrulhamento

06/01/2010 11:23:00


Para realizar diariamente as missões desenvolvidas pelas 15 Inspetorias, 10 Grupamentos Especiais e 7 unidades de Ordem Pública, a GM-Rio conta com mais de 500 viaturas, como automóveis, motocicletas, ônibus, micro-ônibus, carrinhos elétricos, bicicletas e também uma unidade de comando móvel e uma torre de observação. Além dessa infraestrutura de veículos, a Guarda opera com smartphones, palmtops e rádios de comunicação distribuídos por todas as unidades, para agilizar a informação e monitorando as ações e deslocamentos dos guardas nas ruas.
 
 

Patrulhamento a pé – O patrulhamento é feito quase todo em duplas a pé ou em patrulhas com cinco ou até mais guardas. No dia-a-dia, eles trabalham na prevenção em contato direto com o cidadão, dando orientações e auxílios diversos que vão do atendimento de primeiros socorros a pedidos de apoio a outros órgãos públicos. O patrulhamento a pé é o mais comum, sendo empregado em dezenas de praças, parques e outros pontos públicos da cidade que contam com a cobertura da GM-Rio.

 

Viaturas – Por agilizar o serviço dos guardas nas ruas, o patrulhamento com viaturas é fundamental em alguns pontos, proporcionando suporte operacional no deslocamento para as milhares de missões realizadas na cidade, das ações de ordem urbana às de apoio a eventos socioculturais.

 

Motocicletas – São ágeis para circular no conturbado trânsito da cidade e geram economia considerável de combustível. Elas também possibilitam mais rapidez ao guarda que atua no patrulhamento de escolas, controle do trânsito, missões de supervisão operacional e até em serviços administrativos.

 

Bicicletas – Desde 2003, a GM-Rio mantém em diversos bairros guardas ciclistas trabalhando em dupla das 7 às 19h. Eles estão atuam em parques públicas, em praças e em pontos estratégicos da orla.

 


Cães – O patrulhamento com cães é feito por guardas do Grupamento de Cães de Guarda (GCG) que atuam em duplas com pastores alemães e belgas de malinois em praças e monumentos públicos da cidade, numa jornada diária de oito horas de trabalho. Fundamental para inibir a ação de pequenos delitos, este tipo de serviço causa sensação de segurança à população. O patrulhamento é feito diariamente no Aterro do Flamengo (MAM) e na Quinta da Boa Vista. O efetivo do GCG também é empregado no apoio às ações de ordenamento realizadas em dias de jogos nos estádios da cidade.

 

Carrinhos elétricos– Como saída para o patrulhamento em grandes áreas públicas, em terreno irregular e de trechos estreitos, a GM-Rio implantou em 1998 carrinhos elétricos no Aterro do Flamengo, Quinta da Boa Vista e Lagoa Rodrigo de Freitas. Movidos à bateria, com autonomia para 10 horas e atingindo a velocidade de 40km/h, eles são mais ágeis em áreas extensas e muitas vezes não acessadas por veículos convencionais. Atualmente, esse tipo de patrulhamento também é empregado no Parque Madureira, na Zona Norte da cidade.

 


Microônibus (Thunder Bus)– Exclusivamente adaptado para a GM-Rio, esse tipo viatura é usada apenas pelas equipes do Grupamento de Operações Especiais (GOE), para o transporte e maior proteção aos GMs que atuam nas ações de controle urbano. Também chamado de Thunder Bus, o micro-ônibus é todo revestido de grades nas partes externas que contêm vidros, tem duas portas laterais, capacidade para dez passageiros e compartimento para acondicionar equipamentos de proteção individual (como escudos, coletes, capacetes, caneleiras, cotoveleiras e bastões), além de mala para armazenamento e transporte de mercadorias apreendidas.

 


Unidade Móvel de Comando – O veículo funciona como base operacional em grandes eventos da cidade, como Carnaval, Réveillon e shows com grande público. A unidade móvel de comando é especialmente equipada com rádio-transmissor, computador com acesso à internet, fax, aparelho de som, televisão, , banheiro, geladeira, câmeras de monitoramento e ar-condicionado.

 

 

Torre de Vigilância - Utilizado em grandes eventos, o equipamento pode subir a uma altura de nove metros e conta com uma câmera de vigilância digital com visão 360º e capacidade noturna, que alcança até dois quilômetros de distância. No seu interior há ar-condicionado, GPS, e vidros fumê (de fora não se vê o lado de dentro da cabine).

 

 

Com capacidade para abrigar até três guardas municipais, a torre possui também um potente sistema de alto-falantes, além de canhões de luz com capacidade de 7 milhões de velas (o equivalente a três vezes a potência média dos canhões de luz utilizados em eventos em geral), que são capazes de desnortear qualquer indivíduo atingido por seus feixes luminosos.




Serviços Serviços